quinta-feira, 7 de abril de 2011

Notificado pela Corregedoria da Câmara, Bolsonaro tem uma semana para defesa

Por: Redação da Rede Brasil Atual

Notificado pela Corregedoria da Câmara, Bolsonaro tem uma semana para defesa
Apenas depois de receber a defesa que o corregedor, Eduardo da Fonte (PP-PE) – do mesmo partido –, vai elaborar parecer (Foto: Brizza Cavalcante/Agência Câmara)

São Paulo - O deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) tem uma semana para preparar sua defesa junto à Corregedoria da Câmara. Ele foi notificado pelo órgão nesta quarta-feira (6) a respeito de quatro representações que devem formar um único processo. Comentários considerados racistas e homofóbicos motivaram a mobilização dos parlamentares contra Bolsonaro.

Apenas depois de receber a defesa que o corregedor, Eduardo da Fonte (PP-PE) – do mesmo partido –, vai elaborar parecer, encaminhado posteriormente à Mesa Diretora. A polêmica começou no dia 28, quando Bolsonaro deu entrevista a um programa da TV Bandeirantes, e ele associou pessoas negras à ideia de promiscuidade, além de fazer comentários homofóbicos. Ele disse ter entendido erradamente à pergunta e voltou à mesma atração na segunda-feira (4) para detalhar suas posições.

Bolsonaro tem um histórico de polêmicas e confusões na Câmara. No sexto mandato como deputado, ele fez reiteradas críticas ao governo federal por políticas de inclusão e promoção de direitos ligados à diversidade, além de ataques a presidentes da República e defesa de militares responsáveis por tortura durante a Ditadura Militar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário