terça-feira, 21 de junho de 2011

Em tuitaço, ativistas propõem questionamento virtual de ministro

 

por Luiz Carlos Azenha no VioMundo
Carolina Ribeiro pertence ao Coletivo Intervozes.

Ela também é ativista da campanha Banda Larga é Um Direito Seu!
A campanha é tocada por várias entidades da sociedade civil, inclusive o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (IDEC), que fez um levantamento amplo sobre o estado da banda larga no Brasil.

Carolina participou, em Brasília, como representante da campanha, do II Encontro Nacional de Blogueiros.

Viu a palestra do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo.
Os ativistas promovem, amanhã, um tuitaço, ou seja, o uso do twitter para promover a hashtag #minhainternetcaiu (na mão das teles), agregando nas mensagens o twitter do ministro, que é @Paulo_Bernardo.

Diz a Carolina:
“São as empresas [de telefonia] que vão definir quem pode e quem não pode ter banda larga no país”

“Qualquer pessoa que tem internet no Brasil sabe que é caro, que cai toda hora, que é bem ruim na média mundial, inclusive”

“Ele [Paulo Bernardo] tá deixando de fazer o que deveria fazer com o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), tá diminuindo o orçamento da Telebrás e não obrigando que o serviço seja prestado no regime público, que vai garantir universalidade, continuidade e qualidade; ao invés disso, tá negociando no varejo para que elas [as teles] possam oferecer aqui e ali”.

Para ouvir a entrevista completa, clique abaixo.


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário