segunda-feira, 11 de abril de 2016

jura secreta 60


Jura secreta 60

jogo de dadaísta
não sou iluminista nem pretender
eu quero o cravo e a rosa 
cumer o verso e a prosa
devorar a lírica a métrica
a carne da musa
seja branca negra amarela
vermelha verde ou cafuza
eu sou do mato
curupira carrapato
sou da febre sou dos ossos
sou da Lira do Delírio
São Virgílio é o meu sócio
Pernambuco Amaralina
vida breve ou sempre vida/severina
sendo mulher ou só menina
que sendo santa prostituta
ou cafetina devorar é minha sina
e profanar é o meu negócio


Nenhum comentário:

Postar um comentário